Feeds:
Posts
Comentários

Archive for dezembro \20\UTC 2012

ImagemFoi publicado, nesta quinta-feira, no jornal londrino “Financial Times” um artigo de Bento XVI sobre a celebração do Natal em tempos de austeridade e o compromisso dos cristãos na transformação do mundo.

Segundo a Sala de Imprensa da Santa Sé, o artigo do Papa nasce de um pedido da redação desse jornal inglês que se baseando no último livro de Bento XVI sobre a infância de Jesus, pediu ao pontífice uma reflexão sobre o Natal.

“O nascimento de Cristo nos desafia a repensar as nossas prioridades, os nossos valores e o nosso modo de vida. Sendo um tempo de grande alegria, o Natal é também ocasião para uma profunda reflexão, um exame de consciência”, ressalta o Papa na mensagem.

Bento XVI recorda que este ano significou privações econômicas para muitas pessoas e com a cena do presépio podemos aprender uma lição de humildade, pobreza e simplicidade.

“O Natal pode ser um tempo em que aprendemos a ler o Evangelho, a conhecer Jesus não somente como o Menino da manjedoura, mas como aquele no qual reconhecemos o Deus que se fez carne” – destaca ainda o pontífice.

“É no Evangelho que os cristãos encontram inspiração para a vida cotidiana e seu envolvimento nos assuntos do mundo. Os cristãos não devem fugir mundo, mas comprometer-se nele. O seu envolvimento na política e na economia deve transcender todas as formas de ideologia” – sublinha o Papa.

“Quando os cristãos se recusam a inclinar-se aos falsos deuses propostos em nossos tempos, não é por causa de uma visão do mundo antiquada, mas porque estão livres de amarras das ideologias e animados por uma nobre visão do destino humano” – observa o pontífice.

O Santo Padre recorda que “os cristãos combatem a pobreza porque reconhecem a suprema dignidade de todo ser humano, criado à imagem de Deus e destinado à vida eterna. Os cristãos condenam a ganância e exploração na certeza de que a generosidade e o amor ensinados por Jesus são o caminho que leva à plenitude da vida. A fé cristã convida a promover a paz e a justiça para todos”.

O Papa ressalta em seu artigo que o nascimento de Jesus “marca o fim da antiga ordem”. “Agora, há um novo rei, que não confia na força das armas, mas no poder do amor. Da manjedoura, Cristo nos chama a viver como cidadãos de seu reino celestial, um reino que todas as pessoas de boa vontade podem ajudar a construir aqui na terra” – conclui Bento XVI.


Por:
Rádio Vaticano

Anúncios

Read Full Post »